Pense uma feira do livro onde só entram escritores que agradam a todos. Credo!

Depois desta onda de proibir escritores em feira do livro, eu fiquei imaginando quais entrariam na minha lista de bloqueio. 🙄 

Decidi então listar os autores que eu odeio, ou que já odiei ou que provavelmente odiarei um dia.

Tenho que confessar: eu sou uma pessoa bem instável. Sabe do tipo que ama e derepente não ama mais?

Mas olha estas atitudes:

O autor mata o personagem que eu amava do nada,

ou para aquela serie que já fazia parte da minha vida, sem aviso prévio

ou simplesmente dá uma declaração nada a ver com o que eu imaginava ser sua linha de pensamento.

Não há amor que resista a estas agressões.

 

 

Eu tenho que confessar que gosto destas emoções que a leitura desperta. No mundo das histórias estes amores e ódios, intensificam o debate, é lenha no embate de palavras e reflexões.

Confessa que você também já leu um livro só para ter argumento contra aquele amigo mala que teima em querer provar que o escritor preferido dele é melhor que o seu.

Como isto é possível! O seu autor preferido te inspirou a vida toda. Escreveu aquelas palavras que nunca mais sairão da sua cabeça. 

Melhor que ele? Não dá.

Eu tenho que admitir que já fui pega na fila da livraria com o livro do Paulo Coelho e tive que ouvir:

– Ué, você não disse que não gosta dele?

Além de um sorriso amarelo me faltou eloquência para qualquer outra reação.

Veja eventos literários pelo Brasil: bienal do livro, feiras de livros e outros.

Eu também já levei uma da minha filha que na época só tinha oito anos. Olha a minha pergunta:

– O que esta multidão está fazendo na fila da livraria com o livro do Harry Potter nas mãos.

Ela me olhou de canto de olho e respondeu.

– Mamãe, olha a pergunta boba! 

Tive que ficar calada.

 

Conheça os livros da Miriam Leitão, autora central desta polêmica da feira do livro de SC 

 

E quando a gente odeia aquele escritor porque não consegue entender o que ele diz. O que resta é dizer que ele é arrogante, prepotente, “se achão”…

Nada… no fundo a gente sabe que é unicamente porque o nível intelectual dele é um “tiquinho” maior.

E quando você espalha aos quatro cantos do mundo que odeia o tal escritor e aí ele inventa de aparecer na feira do livro que você está…

Você fica ali ao lado dele, falando bem de cada um de seus personagens…

Enquanto isto, seus amigos te olham com espanto, afinal achavam que você nunca havia lido um título dele sequer.

A leitura é isto, desperta ódio mortal, amor incondicional, e mais uma gama de emoções e sentimentos.

Estes sentimentos são como gasolina para o debate, lenha no embate das palavras e reflexões.

Contudo, quando estas diferenças de pensamentos, de ideologias, de visão de personagens são capazes de impedir um escritor de encontrar seu público em uma feira do livro, só da para tirar uma conclusão:

Estas pessoas não entenderam nada do que é o mundo da leitura, onde todos falam e você escolhe de qual lado quer duelar no debate. 

Debate, ouviu bem?

É exatamente a liberdade de expressão e a variedade de ideias diferentes que fazem a literatura tão rica e capaz de atingir tantas pessoas de formas diferentes.

 

imagine uma feira do livro que só entra escritores unânimes

Pergunto então:

Imagina uma feira do livro onde só entram autores que agradam a todos? Você sairá de lá discutindo o quê?

É sempre bom lembrar que quem agrada a todos não atinge o coração ninguém.

Quer receber conteúdos como este antes de todo mundo? cadastre na nossa lista de e-mail.

Buscar unanimidade numa feira do livro ou em qualquer ambiente literário é ir contra o princípio da leitura que tem personalidade, envolve, desperta emoções e mais, não tolera censura, apesar de ser o mundo das divergências.  

15 thoughts on “Pense uma feira do livro onde só entram escritores que agradam a todos. Credo!

  1. Seria maravilhoso uma feira assim. Já aconteceu isso comigo algumas vezes de gostar muito de um ator e do nada ele estraga a história kkkk já parei de gostar de muita gente por isso.
    Adorei esse post.. me identifiquei.

  2. oi!
    Eu amo ler 😀 e seria maravilhoso ir a uma feira do livro assim.. Hoje em dia tem poucos eventos para livros.

  3. Adorei seu Texto!!! Juro?! Sei muito bem o que é odiar um autor pq ele matou o personagem favorito… já até mandei emails para autores perguntando pq raio ele fez isso… Mas não teria graça mesmo ter uma feira de livros só com autores queridos… na realidade isso é meio que impossivel. A crítica e a oposição é que geram melhorias, crescimento e conhecimento…

  4. Essa reflexão é bastante útil e pertinente a todos que apreciam a leitura e, por que não, a escrita! Agradar a todos é um objetivo que jamais será alcançando, afinal, as pessoas possuem pontos de vista distintos e variedade de pensamentos. Como você bem pontuou, é essa diversidade que torna a literatura tão atrativa e rica, se apenas um único pensamento fosse seguido, não existiriam novas histórias, seria sempre a mesma coisa.

    Abraços!

    1. Bem isto Amilton. Debate, embate de idéias é comum e útil. Querer eliminar isto em qualquer setor da vida não é legal. Obrigada pela visita e pela opinião compartilhada.

  5. Creio que não somente na feira do livro a unanimidade é prejudicial, se todo mundo concordasse sobre tudo, talvez ainda estivéssemos vivendo em cavernas.

    1. Nossa fui lendo seu texto e pensei. Meu Deus eu achava q só eu era assim. Só eu nesse mundo pensava que tinha livro que eu queria mudar a história a vida de cada personagem e mesmo amando o autor eu odiava o final da história. E qdo li seu texto me viu no meus questionamentos. Você é igual a todo mundo. Não tenha medo da opinião dos outros ou se eles nao imaginavam q vc lia aquele livro seja vc e continue c sua opinião. Vc falou uma coisa q marcou em mim Qdo vc disse q as pessoas q marcam outras nao agrada todo mundo. E é a mais pura verdade. Adorei seu texto vou sempre visitar seu blog. Bjs e muito sucesso

      1. Obrigada Karina. Fico muito feliz de você ter gostado. Volte sim.
        É isto: não gostar de uns, querer mudar outros… faz parte.
        O que não pode é querer anular o que o outro é simplesmente porque você não concorda.
        Temos que conversar, eu tenho uma listinha de autores que eu já quiz matar. kkk

  6. É verdade! A riqueza da leitura está em despertar sentimentos, estimular o debate saudável e, claro, nos divertir, entre outras coisas. Toda essa diversidade de gostos é que faz das feiras tão estimulantes.

  7. Olá! Realmente me fez refletir,tanto na leitura como em outros aspectos,temos nossas decepções e encantamentos pois tudo que é diverso faz sentido pos atrai várias opiniões.
    Com certeza me desapontaria com aquele que mata o personagem que gosto.

  8. Olá, tudo bem?

    Eu adoro ler, mas infelizmente nunca consegui participar de uma feira de livros em capitais, pois moro no interior de Minas. Eu acho muito legal essa diversidade que a literatura proporciona, pois dá para agradar todos!
    Abraço!

  9. Eu acho que muita vezes acabamos nós decepcionando com alguma desenlace do roteiro, é normal, mas devemos respeitar sempre, seria tão chato, se uma história fosse tudo que a gente quer, adoro me surpreende.

Eu adoraria saber sua opinião.