Ouro, Prata e Bronze – Romance, Crime e Vingança

Ouro, Prata e Bronze – Romance, Crime e Vingança. Meu novo e-book, disponível na amazom.

ouro, prata e bronze

Julia, uma jovem sensitiva que fugiu de casa logo depois da morte da mãe. Anos depois vivendo só em outra cidade recebe a notícia da morte do pai e junto uma caixa de  sapato e dentro todo o seu passado. As certidões de óbitos, fotos antigas e um convite para a inauguração da galeria de sua única parenta viva.

É nesta galeria que ela se encontra consigo mesma e com Rodrigo, saído de uma estória de romance. Homem perfeito.

Ao mesmo tempo Eneida uma campeã de natação, com coleções de medalhas de ouro, prata e bronze, mas com uma vida muito longe de ser um exemplo de atleta, vive uma aventura com Gustavo Zeni, também campeão de natação. Mas no dia seguinte Eneida não se lembra de nem um minuto de sua experiência noturna e pra completar o seu desespero, Zeni que é o candidato à medalha de ouro, simplesmente desaparece às vésperas de uma competição importante.

Ela guarda esta informação pra si, com medo das consequências, mas com o tempo resolve dividir esta estória com sua amiga de longa data, Julia.

Será que Rodrigo é tão perfeito assim?

Será que Julia é tão boa amiga?

Será que Zeni está mesmo sumido?

Só o livro trará estas respostas.

Leia-o de graça aqui:

Related posts:

Meu nome é Meirilene Reis. Sou leitora desde os dez anos de idade, quando descobri em ” a marca de uma lágrima” livro de Pedro bandeira, de meu mundo acinzentado uma janela para um mundo colorido, vibrante e cheio de possibilidades. E escritora desde que descobri nas estórias uma forma de expressão, de comunicar o que não conseguia fazer de outra forma. E esta experiência estreita com os livros tem me mostrado que não há limites, para a imaginação nem do leitor nem do escritor, e isto me fascina. A literatura é pra mim um ponto, um eixo, onde em algum momento os mundos das pessoas se encontram, porque ali, tanto na leitura, quanto na escrita, nos despimos de preconceitos, e nos permitimos vivenciar a vida do personagem, que de alguma forma se encontra com a nossa.

Eu adoraria saber sua opinião.