O Desconhecido, Reinventando Minha Primeira Vez

desconhecido

Se você pudesse reviver uma experiência do passado, qual você escolheria?

O Desconhecido, reinventando minha primeira vez conta a estória de Cecília, uma jovem solitária e antissocial, que sofreu perdas irreparáveis enquanto era só uma menina.
E isto dificulta e muito seus relacionamentos, principalmente afetivos. E pra vencer estes problemas, recorre ao álcool.
Depois do fim de um de seus curtos e frustrantes namoros, conhece Josias, um homem carinhoso, aparentemente bacana, mas extremamente misterioso, que desperta nela a crise mais intensa de sua vida.

Eu não olhei quem era, por ser desnecessário, e também por falta de coragem de encará-lo, pois sabia que era ele. E claramente perturbada com seus braços envolvidos em mim, continuei andando.

Neste mesmo tempo reencontra Katá, uma prima e melhor amiga que marcou pra sempre a sua adolescência. Um fantasma que ela tentou deixar no passado.

“Ele não disse uma palavra, mas continuava com os olhos fixos em mim. Já em desespero, eu não sabia o que fazer. Então lhe virei às costas e saí, deixando-o sem nenhuma explicação. Até porque o que aconteceu ali era inexplicável.”

Junto com suas poucas, mas fiéis amigas, vai enfrentar estas novidades e as muitas outras que virão pela frente.
A cenas dos próximos capítulos são imperdíveis.

O Desconhecido, reinventando minha primeira vez, é uma estória disponível como e-book na amazon. Se você quiser conhecer melhor esta estória, leia uma parte gratuitamente.

E ai gostou, sua opinião é muito importante.

 

Related posts:

Meu nome é Meirilene Reis. Sou leitora desde os dez anos de idade, quando descobri em ” a marca de uma lágrima” livro de Pedro bandeira, de meu mundo acinzentado uma janela para um mundo colorido, vibrante e cheio de possibilidades. E escritora desde que descobri nas estórias uma forma de expressão, de comunicar o que não conseguia fazer de outra forma. E esta experiência estreita com os livros tem me mostrado que não há limites, para a imaginação nem do leitor nem do escritor, e isto me fascina. A literatura é pra mim um ponto, um eixo, onde em algum momento os mundos das pessoas se encontram, porque ali, tanto na leitura, quanto na escrita, nos despimos de preconceitos, e nos permitimos vivenciar a vida do personagem, que de alguma forma se encontra com a nossa.

2 thoughts on “O Desconhecido, Reinventando Minha Primeira Vez

  1. Olá Meirilene, tudo bem? Achei bem interessante a história e eu adoro contos assim, corri pra dar uma lida na versão free… rsrsrsrs
    Obrigada pelo seu comentário no ellenluzBLOG, você é uma fofa e eu vim te convidar pra ser colunista lá do blog, o que acha? Além de tomar um cafezinho com você nesse blog tão gostoso que é o Café Com Estórias, parabéns! Se resolver aceitar o meu convite, é só acessar a área de colunistas aqui http://www.ellenluz.com/p/colunista-voluntario.html Um beijão e ótima semana 😉

Eu adoraria saber sua opinião.