História, dica de ouro para seu filho comer melhor

alimentacao saudavel 2
Comida em forma de personagem

Então não são apenas suposições, está provado a eficácia da contação de histórias para uma alimentação saudável.

Para começar a nossa conversa, vamos lembrar como é prazeroso o momento da alimentação. Tente imaginar aquela deliciosa comida doce ou salgada, suculenta ou não, gelada ou quente, pastosa ou fibrosa…, não importa, cada uma traz sensações indescritíveis que torna o momento da refeição um carrossel de prazeres.

E isto sem dizer que é um momento de pausa no trabalho ou nos estudos, de pensamentos leves, de estar com pessoas queridas e por aí vai. Eu arriscaria dizer que é o momento mais feliz do dia, com certeza um dos mais. E este sentimento e alegria e bem estar não pode ser esquecido, ao contrário tem que estar no topo das prioridades quando o assunto é a alimentação de nossos filhos. Não podemos transforma-lo numa tortura.

Mas, dar às crianças dicas de alimentação saudável, e convencê-las a comer estes alimentos é uma aventura para superheroínas. E nós mães bem sabemos o que é isto, porque é uma batalha diária. Aliás mais que isto, são várias batalhas diárias.

As queixas e questionamentos são quase sempre os mesmos:

  • Meu filho não come nada, só quer leite.

  • Como fazer criança comer?

  • O que faço quando a criança não come?

  • Como fazer meu filho comer legumes e frutas?

E nesta hora, sabemos que não adianta brigas, sermões e tantas outros artifícios que tentamos sem resultados. Mas o que funciona, então?

É obvio que ninguém sobrevive sem comer, e se seu filho se mantém de pé e com energia, é porque algum alimento o está mantendo. Então o próximo passo é ensiná-lo e convencê-lo a fazer boas escolhas alimentares, lhe dar dicas de alimentação saudável. E criatividade é na minha opinião a melhor e mais eficaz forma de entrar neste mundo infantil . Então vamos conhecer alguns artifícios para adentrar no universo desta criança que não come.

A contação de história.

Contação de história ajuda na alimentação
Um mundo encantado

A história tem pra mim um ponto muito forte de ligação com a alimentação. As duas tornam o momento de suas realizações extremamente prazeroso e nos dá sustância para enfrentar a vida. Se você é leitor ou ouviu histórias enquanto criança, sabe bem o que é esta magia que toma conta de quem está envolvido numa história, levando-o para um mundo novo. Me diz: estou exagerando?

A verdade é que a contação de história pode ser usada como auxílio em muitos momentos da vida infantil, porque crianças ouvem o que um personagem fala e se comunica melhor com eles do que com uma pessoa do mundo real. Então este lado lúdico da contação de história é uma regra de ouro para introduzir novidades e valores na vida de nossos filhos.

Há um estudo publicado na revista Psychological Science que diz que histórias podem ser a melhor forma de incentivar as crianças a ter uma alimentação mais saudável.

Segundo as autoras do estudo, Sarah Gripshover e Ellen Markman:

“As crianças têm uma curiosidade natural, elas querem entender por que e como as coisas funcionam. É claro que é necessário simplificar a informação, mas simplificar demais rouba-lhes a oportunidade de aprender e desenvolver o seu raciocínio”.

O estudo apurou que através de histórias, crianças tendem a compreender melhor quais alimentos são saudáveis.

Ok. Então não são apenas suposições, está provado a eficácia da contação de histórias no convencimento às crianças a terem uma alimentação saudável.

E como fazer esta ligação da história com a prática alimentar?

Homens dentro de uma manga
A fruta se tornou um cenário

 

Vamos tentar levar esta teoria para a nossa prática do cotidiano. Como fazer, então, esta relação história e comida para os nossos pequenos.

Antes de tudo temos que lembrar que a alimentação é um processo longo que começa antes da escolha do alimento, e quanto mais a criança participar deste processo, mais se envolverá com ele e será mais fácil convencê-la a optar por este e não aquele.

Pra começar, descida em qual parte deste processo você conseguirá incluir seu filho e trabalhar esta parte lúdica. Sim, porque sabemos que temos a questão do tempo, que está cada vez mais curto, por isto a necessidade de planejar o que temos disponível para bem aplicá-lo nestes quesitos.

Mas tenha uma certeza, a história será sua forte aliada nestes momentos e deixará o contato com seu filho mais alegre e produtivo. Afinal, quem não gosta de enfrentar os problemas com uma dose de magia.

O amendoim gigante
O amendoim gigante

Vamos lá?

Você pode, se preferir, pensar na história antes de tudo começar. Criar um cenário imaginário onde entrarão os personagens mais tarde.

Algumas dicas práticas te ajudará a ter um norte:

Levar a criança ao mercado para escolher e comprar as frutas e legumes; a brincadeira ganha corpo nesta fase, inventando nomes engraçados, ou dramáticos para os alimentos, de acordo com a história que você criou.

Fazer pratos criativos, divertidos e coloridos é uma ótima opção para despertar o lado lúdico da criança e contar histórias ficará ainda mais fácil.

Deixar a criança ajudar a preparar as refeições, explicando os nomes dos legumes, o porquê de comê-los e como os preparar, dá muito resultado. Não se esqueça que você está preparando os heróis de sua história. É muito importante ter apenas um herói por vez. Apesar de toda a história, seu filho terá que acostumar e aceitar o sabor deste alimento. A história é apenas um incentivo a mais.

E por último o ápice da festa, a hora de servir a refeição. E numa história o cenário é muito importante porque contextualiza os personagens, então uma mesa alegre e colorida colocará seu filho dentro da Disney.

Uma excelente forma de atrair todos os sentidos da criança é transformar os alimentos em personagens no prato, ilustrando a história. Sim, o brócoli virando a árvore que dá força ao super herói, os legumes cortados enfeitando o caminho pra casa da vovó, e por aí vai.

Eu sei. Você deve estar se perguntando. E como vou fazer estar obras de arte com a comida?

alimentacao saudavel 1
Cenários ilustrados com a comida

Relaxe! Mesmo que você não tenha muitos talentos em criar personagens, as crianças não vão prestar atenção na qualidade da sua ilustração, ou vai, mas ainda assim terá o mesmo efeito. Ela mesmo te ajudará neste momento de criatividade e alem do mais existem alguns artifícios para te ajudar como aqueles cortadores que deixa os alimentos em vários formatos criativos, como estrela, círculo, coração, bichinhos…

alimentacao saudavel 3
Cortadores criativos

Mas talvez o mais importante para a criança seja perceber que você está convencida do que está fazendo, a verdade da sua intenção. Então curta este momento, entre no personagem e você verá que além da criança, você também será beneficiada por esta brincadeira além de ter momentos incrivelmente prazerosos e criativos com seu filho.

Me conta, você já usa a história para se comunicar com seu filho? Ficou interessada? Vamos conversar? Deixe aqui abaixo seu comentário, terei maior prazer em respondê-lo.

 

Related posts:

Meu nome é Meirilene Reis. Sou leitora desde os dez anos de idade, quando descobri em ” a marca de uma lágrima” livro de Pedro bandeira, de meu mundo acinzentado uma janela para um mundo colorido, vibrante e cheio de possibilidades. E escritora desde que descobri nas estórias uma forma de expressão, de comunicar o que não conseguia fazer de outra forma. E esta experiência estreita com os livros tem me mostrado que não há limites, para a imaginação nem do leitor nem do escritor, e isto me fascina. A literatura é pra mim um ponto, um eixo, onde em algum momento os mundos das pessoas se encontram, porque ali, tanto na leitura, quanto na escrita, nos despimos de preconceitos, e nos permitimos vivenciar a vida do personagem, que de alguma forma se encontra com a nossa.

10 thoughts on “História, dica de ouro para seu filho comer melhor

  1. Oi Meirilene, tenho uma filha de 5 anos e que não gosta de comer nada. Adoraria receber mais informação sobre esta forma tão criativa de incentivar as crianças a comerem.

    1. Oi Alice Pimenta. A história é mesmo capaz de fazer coisas incriveis. Terei maior prazer de compartilhar com você tudo que eu puder sobre este assunto. Você verá o resultado.

  2. Meire, tudo bem? Meusfilhos já estão todos crescidinhos, mas quem dera fossem crianças novamente para eu contar um montão de histórias durante as refeições. Lembro que quando eu queria que eles comessem algo que eles não gostavam muito, como verduras por exemplo, apenas dizia que se eles comessem tudo que estava no prato, no final, llhes daria uma surpresa e eles comiam tudo com bastante avidez, e depois eu lhes dava uma deliciosa sobremesa, para compensar. Eles ficavam fofos, felizes da vida! Criança é mesmo um ser supreendente!! Belo post. Amei! Um abraço!

    1. Oi Vania. Ah nem me fale de crescidinhos que eu já fico tensa. Deve dar uma saudade das bagunças, né? Muita coisa a gente faria melhor se tivesse oportunidade, mas fazer o quê. Agora é esperar os netos. KKK

Eu adoraria saber sua opinião.